Tecnologia do Blogger.
RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] Divagando!




 
 
 
 
Divagando!!!
 
                   As vezes divagamos e entre estes devaneios sempre surge algo de verdade. Vem de-repente e nos assalta querendo ocupar um pouco nossas reflexões. Gosto de pensar nesta possibilidade. Ela me fascina. Como diz: Immanuel Kant
                   "Duas coisas povoam nossas mentes com admiração e respeito sempre novos e crescentes; 0 céu estrelado por cima e a lei moral dentro de nós."
                    Divagar as vezes nos traz tanto bem associado a tanta saudade e incontrolável desejo de ir mais além. Mas sempre é bom se conter. Há lugares que mesmo desejando voltar nunca nos será possível nem producente.
Beijo Grande


--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] A força de um abraço





 

 

A força de um abraço

 

Ele acordou indisposto e irritadiço. Seus pensamentos logo se voltaram para o escritório, lembrando de problemas ainda pendentes de solução, bem como do trânsito que teria que enfrentar. Ficou mais irritado ainda.

Tomou rapidamente um pouco de café, despediu-se da esposa e caminhava para a porta, quando ouviu aquela voz com jeitinho de sono ainda, que, carinhosa e meigamente, lhe falou: Papai, espere por mim!

Ele parou, voltou-se. Ali estava sua filhinha, de 5 anos, de pijama, braços estendidos para lhe dar um abraço.

Abaixou-se, depositou a mala de trabalho no chão, e acolheu-a, demonstrando uma certa pressa.

Ela aconchegou-o num forte e demorado abraço, beijou-o e disse-lhe: Todas as noites eu agradeço ao Papai do Céu assim: Obrigada, Papai do Céu, por tudo. Mas, muito mais por você me ter dado um papai e uma mamãe que me amam.

Deu-lhe mais um beijinho e mais um abraço, dizendo-lhe: Eu amo muito você. Tchau, até depois mais. Estarei aqui esperando por você.

Aquele momento, aquele abraço e aquele beijo tiveram o efeito de algo como uma forte descarga elétrica lhe passando da cabeça aos pés.

Saiu, irradiando alegria por todos os poros. Meio que caminhando nas nuvens. Mudara totalmente seu estado mental. Já não era o mesmo.

No trânsito, dirigiu com a maior cortesia e paciência, distribuindo sua satisfação.

Quando chegou ao prédio do escritório, cumprimentou o garagista do estacionamento com sinceridade.

Adentrou o elevador, tendo dado a vez aos outros que também ali estavam e, sorridente, desejou um autêntico bom dia a todos.

Como há muito ele não fazia, entrou no escritório com um largo sorriso no rosto e cumprimentou cada um dos funcionários com um aperto de mão.

Passou pela sala do seu chefe, pediu licença e entrou. Dirigiu-se até ele, deu-lhe as mãos e o abraçou.

Depois, olhando-o, disse-lhe: Há tempos estou para lhe falar duas coisas. A primeira, é que lhe sou muito grato pela oportunidade que me deu na sua empresa, ao contratar-me.

A outra, é a de que aprendi a devotar-lhe, além do respeito de um funcionário para com seu patrão, grande amizade e reconhecimento, pela sua forma leal de ser para comigo e para com os demais.

Antes que seu chefe se recuperasse da boa surpresa, concluiu: Neste momento estou repassando-lhe um pouco da alegria que minha filhinha me deu hoje, antes que eu saísse de casa.

Ambos sorriram. Nada mais falaram. Foram para seus quefazeres do dia. Os dois já não eram mais os mesmos.

* * *

A força de um abraço com carinho e fraternidade pode transformar o mundo, começando por transformar o seu dia ou o dia de alguém, para muito melhor.

Faz tempo que você não abraça seu filho? Há quanto tempo não abraça sua esposa ou seu esposo, como quem abraça um devotado amigo ou uma devotada amiga?

Lembra-se de quando foi o seu último abraço sentido e verdadeiro em seu pai e em sua mãe? Um abraço como se fosse sua oração de gratidão a Deus pela presença deles em sua vida?


 

 
 


__._,_.___



__,_._,___

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] CUIDADO com a "Utilidade". Voce é util pra alguem???? Pe. Fabio de Melo

video



 






 


 

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] SÃO BEXIGASSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



 



 


 
 


 : BALLOON FIGURES 
Rob Driscoll is a magician, photographer and balloon twister, he has been twisting and performing magic for 20 years.A magician has spent the last 12 months creating a different amazing balloon model every day – including cartoon characters and even a life-sized balloon bike.






              
                              


 

__.

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] * Pra Semana






 

 
 


Foto: Frases, Fotos & Poesias









 
 
 


 










__._,_.___



--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] BOM DIA

BEGIN:VCARD
VERSION:2.1
N:;DIANA KUSCH
FN:DIANA KUSCH
EMAIL;PREF;INTERNET:dianakusch2004@hotmail.com
REV:20140227T125656Z
END:VCARD



---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Diana Kusch <diannakusch@gmail.com>
Data: 27 de fevereiro de 2014 09:56
Assunto: BOM DIA
Para:


 
 
BOM DIA
 

Quanta vida perdida com bobagens!
 
Quanto tempo desperdiçado com coisas pequenas.
 
Criamos regras sem exceções, impomos limites rígidos
 
e descobrimos quão bobos somos!
 
A vida é grandiosa demais pra oferecermos
 
tamanha pequeneza a ela.
 
É hora de despertar e se fazer gigante!
 

BEIJOS.....
 
DI...
 
 
 
 
 
Diana Kusch
Sou sempre a mesma mas não serei a mesma sempre...

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] : Sorvete de banana no palito



 
 
 Sorvete de banana no palito
 

 


Além de ser saborosa, a banana é responsável pela sensação de bem-estar. Confira a receita de sorvete de banana no palito para melhorar sua qualidade de vida.


Incluir a banana nas refeições ou nas sobremesas garante mais sabor, saúde e bem-estar 
para sua dieta.
Abundante, barata e saborosa, a banana é uma aliada na prevenção e tratamento da depressão. É boa fonte de magnésio e triptofano. “Além de ter o aminoácido precursor de serotonina, neurotransmissor relacionado com a sensação de prazer e bem-estar, é fonte de nutrientes que auxiliam nessa conversão; é por isso que a banana é conhecida como o alimento da felicidade”, define a nutricionista Gabriela Passoni.

Sorvete de banana no palito

Ingredientes
  • 1 banana-nanica, prata ou maçã
  • 30 g de chocolate com mais de 60% de cacau
  • 1 colher (sopa) cheia de castanha de caju, amêndoa e avelã trituradas
  • 1 palito grande
Modo de preparo
Derreta o chocolate. Coloque o palito no meio da banana. Em seguida passe no chocolate e depois nas castanhas. Leve ao freezer, espere congelar.

                              


 
 
 
A banana também é fonte de vitamina B6 e fornece 26% das necessidades diárias desse nutriente. Oferece uma boa quantidade de carboidratos fibras. O carboidrato da banana estimula o pâncreas a secretar insulina, hormônio sinalizador que faz tanto o carboidrato da fruta quanto os aminoácidos circulantes entrarem nas células.


 


--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[MISTURANDO-IDEIAS] Ganhei Coragem - Rubem Alves(som)



 

                                                                                                                                                              
 
                                                                                                                                                 
Ganhei Coragem

Rubem Alves

 

"Mesmo o mais corajoso entre nós só raramente tem coragem para aquilo que ele realmente conhece", observou Nietzsche. É o meu caso. Muitos pensamentos meus, eu guardei em segredo. Por medo. Alberto Camus, leitor de Nietzsche, acrescentou um detalhe acerca da hora em que a coragem chega: "Só tardiamente ganhamos a coragem de assumir aquilo que sabemos". Tardiamente. Na velhice. Como estou velho, ganhei coragem. Vou dizer aquilo sobre o que me calei: "O povo unido jamais será vencido", é disso que eu tenho medo.

 

Em tempos passados, invocava-se o nome de Deus como fundamento da ordem política. Mas Deus foi exilado e o "povo" tomou o seu lugar: a democracia é o governo do povo. Não sei se foi bom negócio; o fato é que a vontade do povo, além de não ser confiável, é de uma imensa mediocridade. Basta ver os programas de TV que o povo prefere.

 

A Teologia da Libertação sacralizou o povo como instrumento de libertação histórica. Nada mais distante dos textos bíblicos. Na Bíblia, o povo e Deus andam sempre em direções opostas. Bastou que Moisés, líder, se distraísse na montanha para que o povo, na planície, se entregasse à adoração de um bezerro de ouro. Voltando das alturas, Moisés ficou tão furioso que quebrou as tábuas com os Dez Mandamentos.

 

E a história do profeta Oséias, homem apaixonado! Seu coração se derretia ao contemplar o rosto da mulher que amava! Mas ela tinha outras ideias. Amava a prostituição. Pulava de amante e amante enquanto o amor de Oséias pulava de perdão a perdão. Até que ela o abandonou. Passado muito tempo, Oséias perambulava solitário pelo mercado de escravos. E o que foi que viu? Viu a sua amada sendo vendida como escrava. Oséias não teve dúvidas. Comprou-a e disse: "Agora você será minha para sempre". Pois o profeta transformou a sua desdita amorosa numa parábola do amor de Deus.

 

Deus era o amante apaixonado. O povo era a prostituta. Ele amava a prostituta, mas sabia que ela não era confiável. O povo preferia os falsos profetas aos verdadeiros, porque os falsos profetas lhe contavam mentiras. As mentiras são doces; a verdade é amarga. Os políticos romanos sabiam que o povo se enrola com pão e circo. No tempo dos romanos, o circo eram os cristãos sendo devorados pelos leões. E como o povo gostava de ver o sangue e ouvir os gritos! As coisas mudaram. Os cristãos, de comida para os leões, se transformaram em donos do circo.

 

O circo cristão era diferente: judeus, bruxas e hereges sendo queimados em praças públicas. As praças ficavam apinhadas com o povo em festa, se alegrando com o cheiro de churrasco e os gritos. Reinhold Niebuhr, teólogo moral protestante, no seu livro  "O Homem Moral e a Sociedade Imoral" observa que os indivíduos, isolados, têm consciência. São seres morais. Sentem-se "responsáveis" por aquilo que fazem. Mas quando passam a pertencer a um grupo, a razão é silenciada pelas emoções coletivas.

 

Indivíduos que, isoladamente, são incapazes de fazer mal a uma borboleta, se incorporados a um grupo, tornam-se capazes dos atos mais cruéis. Participam de linchamentos, são capazes de pôr fogo num índio adormecido e de jogar uma bomba no meio da torcida do time rival. Indivíduos são seres morais. Mas o povo não é moral. O povo é uma prostituta que se vende a preço baixo.

 

Seria maravilhoso se o povo agisse de forma racional, segundo a verdade e segundo os interesses da coletividade. É sobre esse pressuposto que se constrói a democracia. Mas uma das características do povo é a facilidade com que ele é enganado. O povo é movido pelo poder das imagens e não pelo poder da razão. Quem decide as eleições e a democracia são os produtores de imagens. Os votos, nas eleições, dizem quem é o artista que produz as imagens mais sedutoras. O povo não pensa.

 

Somente os indivíduos pensam. Mas o povo detesta os indivíduos que se recusam a ser assimilados à coletividade. Uma coisa é a massa de manobra sobre a qual os espertos trabalham. Nem Freud, nem Nietzsche e nem Jesus Cristo confiavam no povo. Jesus foi crucificado pelo voto popular, que elegeu Barrabás. Durante a revolução cultural, na China de Mao-Tse-Tung, o povo queimava violinos em nome da verdade proletária. Não sei que outras coisas o povo é capaz de queimar. O nazismo era um movimento popular. O povo alemão amava o Führer. O povo, unido, jamais será vencido!

 

Tenho vários gostos que não são populares. Alguns já me acusaram de gostos aristocráticos. Mas, que posso fazer? Gosto de Bach, de Brahms, de Fernando Pessoa, de Nietzsche, de Saramago, de silêncio; não gosto de churrasco, não gosto de rock, não gosto de música sertaneja, não gosto de futebol. Tenho medo de que, num eventual triunfo do gosto do povo, eu venha a ser obrigado a queimar os meus gostos e a engolir sapos e a brincar de "boca-de-forno", à semelhança do que aconteceu na China.

 

De vez em quando, raramente, o povo fica bonito. Mas, para que esse acontecimento raro aconteça, é preciso que um poeta entoe uma canção e o povo escute:

"Caminhando e cantando e seguindo a canção.". Isso é tarefa para os artistas e educadores. O povo que amo não é uma realidade, é uma esperança.

***

Texto recebido de Elvina Tereza B. D'Avillar

Ilustração: Aliene

Imagens: Internet

Midi: Mudança de Hábito

                                                                                                                                                  

                                                                                                                                                              

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "MISTURANDO IDEIAS" dos Grupos do Google.
Para cancelar a inscrição neste grupo e parar de receber seus e-mails, envie um e-mail para misturando-ideias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para misturando-ideias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/misturando-ideias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/groups/opt_out.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS